Unidados Contabilidade

Notícias

Apagão de professores gera oligofrenia de educandos e profissionais, e afeta a economia

Economia em frangalhos, adversidades, problemas domésticos, custeio do show da Madonna, prejuízos das Enchente do RS, Apagão de Professores, são provas incontestáveis do grau de IDIOTIZAÇÃO da sociedade, ESSA AUSÊNCIA DE CONHECIMENTO tende a se agravar até 2040 em caso de inobservância.

INTRODUÇÃO

Com o mundo em constantes mudanças e transformações em velocidade extrema, afetado pelas adversidades, fatos e acontecimentos, onde a Europa, Japão e USA estão com a economia em instabilidade, e o resto do mundo sofrendo essas consequências.

O cenário da economia mundial é desolador, já comprovado pelos organismos internacionais, como Cristalina Georgieva(FMI), Úrsula Vanderline (Europa), Christine Lagarte (Banco Central Europeu), Jerome Powell (FED), Klaus M Shwab (Fórum Econômico Mundial) e as Agencias Rattings, todos, sem exceção, identificaram esse mesmo cenário.

No caso especifico do Brasil, além de sofrermos com essas adversidades comuns, ainda temos nossos problemas domésticos, tais como desemprego, fome, pobreza, miséria, insuficiência alimentar, inadimplência, violência e insegurança, educação e saúde sem qualidade e se deteriorando paulatinamente, e isso dificulta o futuro promissor da atual geração de educandos e profissionais.

O atual educando e profissional encontra graves obstáculos quando busca o mercado laboral, que exercita uma seletividade quando comparado com a fragilidade da formação educacional e cultural desses educandos e profissionais.

EDUCAÇÃO COM QUALIDADE

O Brasil com toda a sua invejável potencialidade econômica, não consegue obter as gorduras necessárias para melhorar a economia, reduzir as desigualdades e agravos sociais, esse é o cenário atual, que tende a se agravar, caso as lideranças dos Poderes Constituídos não observarem os visíveis e claros sinais que comprovam a consequência de suas competências e habilidades.

Hoje, em pleno ano de 2024, os sinais são claros e nítidos, onde se comprova com certa facilidade o grande problema que é a nossa fragilidade educacional, afetando seriamente o desenvolvimento educacional e cultural dos educandos em todos os níveis infantil, fundamental, médio e universitário.

Os professores (as) precisam de um UP GRADE qualitativo, com novos recursos para que possam elevar o nível de CONHECIMENTO dos educandos, inclusive o seu interesse um buscar um futuro promissor.

Em plena evolução meteórica da Inteligência Artificial e computação quântica, os educandos sentem a necessidade de sincronizar a metodologia de ensino com os avanços da tecnologia da informação, já que muitos utilizam equipamentos tecnológicos, mas sem possuir um entendimento mais técnico, onde limita a capacidade de tais recursos.

Muitos países da América do Sul e o México, no caso especifico, o Governo de São Paulo já aplicam o CHATGPT da Open AI, em sala de aula, quer seja para assessorar os professores ou substituí-los num futuro breve, em caso de aprovação dos Chats.

A EDUCAÇÃO COM QUALIDADE, precisa ser exercida por todos aqueles que dela participam, ou teremos o entendimento de que a Inteligência Artificial deverá ser utilizada em escala mais abrangente, podendo até mesmo substituir aqueles professores com graves limitações, e isso já está acontecendo.

A atual situação de nossa EDUCAÇÃO, é deprimente, já que precisamos evoluir e proceder mudanças radicais, através de um novo PDI, novo Plano de Marketing, novas habilidades, novas competências, novos eixo práticos, ensinar o educandos e profissionais os idiomas mais usuais em seu cotidiano, como: Inglês, Mandarim, Russo, Árabe e demais, fazê-los conhecer linguagem e programação (Python, SQL, Orange, Javascript), algoritmo, Machine learning, Deep learning, rede neural, data mining, informações e dados in the cloud, Inteligência Artificial e Computação Quântica.

Observamos que a GEMINI AI, ela vê, fala, escuta, e contextualiza, mas precisa o usuário falar e entender o idioma Inglês, eis uma grande diferença e necessidade básica.

O professor precisa entender que as AULAS precisam ser dinâmicas, e resgatar o interesse dos educandos, daí precisar se capacitar e se qualificar, mesmo com as adversidades existentes da profissão, pois segundo o MEC, INEP, e demais o apagão já está prevista para o ano de 2040, e sabemos quais as implicações desse fato.

Se já identificamos a data e o problema, não conseguimos entender o POR QUE de não trabalharmos a sua solução antes desse ano fatídico nos abater, já que sabemos que em educação há aproximadamente uns 20 anos para suas consequências, ONDE PRECISAMOS DE RECURSOS E TEMPO.

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Obstante, ao problema e o tema do referido, e conjuntamente com nossa pesquisa buscamos junto as AI’ s as consequências desse apagão de professores em 2040, vejamos:

“Um apagão de professores no Brasil em 2040 pode ter consequências significativas para o sistema educacional e o desenvolvimento socioeconômico do país. Alguns dos efeitos potenciais incluem:

1. Impacto na qualidade da educação: A falta de professores pode levar a uma redução na qualidade da educação, especialmente na educação básica, onde a proporção aluno-professor é crítica para o aprendizado efetivo.

2. Atraso na formação de novos profissionais: A falta de professores pode impedir a formação de novos profissionais, especialmente em áreas críticas como ciências, engenharia e saúde, o que pode prejudicar a capacidade do país de se desenvolver econômica e tecnologicamente.

3. Aumento da carga horária: A falta de professores pode levar a um aumento da carga horária dos professores existentes, o que pode afetar a qualidade da educação e a saúde mental dos professores.

4. Desigualdade educacional: A falta de professores pode exacerbar as desigualdades educacionais existentes, especialmente em áreas rurais e de baixa renda, onde a disponibilidade de professores é já limitada.

5. Impacto na sociedade: A falta de professores pode ter efeitos negativos na sociedade em geral, especialmente na capacidade do país de se desenvolver econômica e socialmente.

Para evitar essas consequências, será necessário tomar medidas para atrair mais jovens para a carreira docente, melhorar as condições de trabalho dos professores existentes e investir em formação contínua e carga horária compatível com a vida pessoal saudável. “(Perplexity AI)

“Impacto na Educação: A falta de professores levaria a uma redução na qualidade do ensino, resultando em níveis mais baixos de educação e habilidades entre os estudantes. Isso poderia afetar negativamente o desenvolvimento social e econômico do país.

Desigualdade Educacional: As regiões mais pobres e remotas seriam as mais afetadas, já que têm dificuldade em atrair e reter professores qualificados. Isso exacerbaria as disparidades educacionais já existentes no Brasil.

Pressão sobre Profissionais Restantes: Os professores remanescentes enfrentariam uma carga de trabalho mais pesada, resultando em estresse, esgotamento e possível redução na qualidade do ensino.

Falta de Inovação Educacional: A falta de professores qualificados pode impedir a implementação de novas metodologias de ensino e tecnologias educacionais, atrasando o progresso educacional.

Escassez de Profissionais Qualificados: A falta de professores qualificados pode afetar outras áreas, como ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM), onde profissionais com formação educacional são essenciais para impulsionar a inovação e o desenvolvimento.

Impacto na Economia: Uma força de trabalho menos qualificada pode prejudicar a competitividade global do Brasil e limitar seu potencial de crescimento econômico a longo prazo.

Desafios de Recrutamento e Retenção: O governo e as instituições educacionais enfrentariam desafios significativos para recrutar e reter professores qualificados, o que poderia levar a soluções temporárias e menos eficazes.

Desconfiança no Sistema Educacional: A falta de professores pode minar a confiança dos pais e da comunidade no sistema educacional, levando a uma percepção negativa da qualidade da educação no Brasil.

Para evitar um apagão de professores, é crucial investir na formação e valorização dos educadores, melhorar as condições de trabalho e oferecer incentivos para atrair talentos para a profissão docente. Além disso, políticas educacionais eficazes e investimentos adequados em infraestrutura educacional são essenciais para garantir que o Brasil possa enfrentar os desafios futuros na área da educação.” (OPEN AI CHATGPT- 4 PLUS)

“Um apagão de professores no Brasil em 2040 poderia ter várias consequências negativas, tais como:

1. Deterioração da qualidade da educação: Com a falta de professores qualificados, a qualidade do ensino poderia diminuir, impactando negativamente o desenvolvimento educacional dos estudantes.

2. Aumento da evasão escolar: A falta de professores poderia levar a uma maior evasão escolar, com alunos desmotivados e desassistidos.

3. Desigualdade educacional: Regiões mais carentes poderiam ser mais afetadas, aprofundando as disparidades educacionais entre diferentes áreas do país.

4. Impacto no mercado de trabalho: A falta de profissionais qualificados poderia prejudicar a formação de futuros trabalhadores, afetando a economia do país.

É crucial investir na formação e retenção de professores para evitar cenários como um apagão de professores e garantir um sistema educacional robusto e de qualidade.” (COPILOT AI).

CONCLUSÃO

Se, nos como pesquisadores e escritores, conseguimos informações junto as Inteligências Artificiais mensuradas, onde podemos observar com clarividência a grave situação em que nos encontramos, é plenamente inteligível que as lideranças dos Poderes Constituídos, tenham melhor e maiores informações sobre o fato, devendo, acreditamos, diante do significado da palavra REPRESENTAÇÃO, realizar um Planejamento Estratégica, para inibir o visível e claro apagão.

A realização de ação e atitude que podem conter e evitar tal fato, é plenamente possível, mas se faz necessário se antecipar, diante desse sinal tão evidente, e sabemos que é a EDUCAÇÃO COM QUALIDADE que possibilita os resultados positivos de qualquer outra reforma que os Poderes Constituídos possam aprovar.

Para nós, míseros mortais, isso é plenamente racional e lógico, e depende das lideranças atuais, pois RECURSOS e TEMPO, acreditamos que ainda temos.

Pedimos sinceras e respeitosas desculpas, aqueles que não compactuam com os fatos descritos, mas, acreditamos que se HOUVER um PDCA, aplicado a uma SWOT, com a identificação dos pontos positivos e negativos, podemos inserir as melhorias necessárias para a contenção desse claro e evidente sinal.

Últimas Notícias

  • Empresariais
  • Técnicas
  • Estaduais
  • Artigos
  • Melhores

Agenda Tributária

Cotação Dólar

Indicadores diários

Compra Venda
Dólar Americano/Real Brasileiro 5.4301 5.4316
Euro/Real Brasileiro 5.8132 5.8212
Atualizado em: 21/06/2024 17:59